Responsável Técnico

Dr. Denis Valente | Cirurgião plástico

CREMERS 24617 | RQE 18465

Cirurgia Genital Feminina

Diversos fatores podem contribuir para a confiança, sexualidade e feminilidade, mas nenhum é tão pessoal ou privado do que a aparência da genitália. Nas mulheres os lábios vaginais podem ser assimétricos ou irregulares desde o nascimento ou desenvolverem-se com a idade em função de gestações, alterações hormonais, traumas ou intercursos sexuais. Na maior parte das mulheres os lábios genitais costumam ser vistos somente quando as pernas se encontram afastadas, entretanto, em algumas mulheres eles se tornam aparentes mesmo quando as pernas não se encontram separadas, causando embaraço, desconforto e mal-estar. Evitam colocar calças apertadas, biquínis e roupas de ginástica chegando até mesmo a evitar se mostrar ao parceiro sexual. Por estas razões muitas mulheres procuram torná-los menores, mais definidos e mais simétricos através da cirurgia plástica. Outras alterações igualmente comuns, mas que as pacientes acabam não nos procurando em função de desconhecer que são potencialmente tratáveis são: Acúmulo de gordura no púbis (monte-de-Vênus), perda de pêlos no púbis, flacidez dos grandes lábios e alargamento vaginal.

Candidatos

Pacientes que se sintam incomodadas com o aspecto estético de sua região genital.

Internação/Ambulatório

Cirurgia Ambulatorial. Paciente retorna para casa de 2 até 6 horas após o procedimento.

Duração total da cirurgia

Entre 60-90minutos.

Anestesia

Local com ou sem sedação endovenosa.

Objetivos

Aprimorar o aspecto estético desta região escondendo imperfeições.

Incisões e técnica

Incisões escondidas dentro dos lábios vaginais com extensão variável.

Efeitos indesejáveis

Ocorre algum grau de edema e desconforto que não costuma perdurar mais do que 1 semana.Complicações são extremamente raras, mas podem incluir alterações na qualidade da cicatriz, modificações de sensibilidade que usualmente são transitórias, algum grau de assimetria ou infecção.

Recuperação

Paciente deverá utilizar por cerca de 5 dias absorvente externo, como o utilizado durante o período menstrual, para absorver a pequena exsudação que costuma sair e para promover um acolchoamento protetor nesta região. Os pontos caem sozinhos depois de uma semana. A maior parte das mulheres retorna ao trabalho após 2-5 dias. Exercícios devem ser evitados por 3 semanas e deve haver abstinência sexual por cerca de 5 semanas.