Responsável Técnico

Dr. Denis Valente | Cirurgião plástico

CREMERS 24617 | RQE 18465

Explante mamário, pesquisa e ciência


No Brasil, a Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, por meio do Capítulo de Implantes e Biomateriais, deu início este ano a um estudo liderado pelo Dr. Denis Valente, de Porto Alegre, que unirá cirurgiões plásticos que fazem explantes para obter dados nacionais sobre o tema. O Dr. Ricardo Miranda, membro da entidade, publicou recentemente na Revista Brasileira de Cirurgia Plástica (RBCP) um estudo no qual avaliou o explante em bloco de prótese mamária de silicone na qualidade de vida e evolução dos sintomas da síndrome ASIA. Foram analisadas15 pacientes com síndrome ASIA e submetidas à explante da prótese de mama e reconstrução com mastopexia. Durante o acompanhamento de 12 meses, elas foram avaliadas quanto à evolução dos sintomas. Os sintomas mais comuns, como mialgia, artralgia, fadiga crônica, pele e cabelos secos, tiveram melhora em mais de 80% das pacientes operadas ao final de 12 meses de acompanhamento.

O estudo concluiu que o explante de prótese de mama em pacientes com a Síndrome ASIA “parece estar associado” à melhora da qualidade de vida e diminuição dos sintomas relacionados à síndrome e que “são necessários outros estudos”, com uma amostra maior e análise estatística, para investigar a correlação causal entre explante de prótese de mama com a melhora da qualidade de vida e diminuição dos sintomas.

Fonte: http://www2.cirurgiaplastica.org.br/blog/2021/04/26/explante-mamario-e-a-ciencia/

Telemedicina


Em março de 2020, foi publicada a Portaria MS nº 467/2020, regulamentando o exercício da telemedicina, em caráter excepcional e temporário, contemplando o atendimento pré-clínico, suporte assistencial, consulta, monitoramento e diagnóstico. Em abril de 2020, foi sancionada a Lei nº 13.989/20 que autorizou, em caráter emergencial, o uso da telemedicina enquanto durar a crise causada pela Covid-19. A lei define a telemedicina como o exercício da medicina mediado por tecnologias para fins de assistência, educação, pesquisa, prevenção de doenças e lesões e promoção de saúde. Ainda que em caráter excepcional, com a nova Lei podemos hoje utilizar a teleconsulta. Essa teleconsulta não substitui a consulta presencial, nesse primeiro momento, é uma orientação e um contato inicial entre o médico e o paciente.

 

Anestesia em cirurgia plástica


-Dr Denis, eu não tenho medo da cirurgia. Eu tenho medo é da anestesia!

Ouço essa frase quase que diariamente, e ela faz muito sentido. Estatisticamente, os maiores problemas que podemos ter durante a cirurgia estão relacionados as medicações utilizadas na anestesia ou na sala de recuperação. Sabendo disso nossa equipe tem especial atenção na escolha dos medicamentos mais seguros a serem empregados na sedação anestésica e nos cuidados pós-operatórios. Realizamos nossas cirurgias em hospital certificado, pois é um local que tem protocolos especiais de precauções para o tratamento de reações indesejáveis a anestesia. Optamos pela realização dos procedimentos hospitalares SEMPRE com nosso anestesista ao lado, mesmo quando ele não precisa agir diretamente.

Internet e cirurgia plástica


A internet é um excelente canal de informação, mas traz armadilhas. Infelizmente existe um mercado lucrativo de intermediadores de cirurgia plástica atuando nas redes sociais e grupos de whatsapp. Essas pessoas são pagas para captar clientes para determinados cirurgiões e falar mal do trabalho de outros mesmo sem os conhecer. Depoimentos sobre médicos na internet devem ser vistos com cautela. Uma vez que você tomou a decisão de fazer cirurgia plástica e está confortável com a escolha do médico, não comece a duvidar de si mesma. Prepare-se para os haters. Tente se rodear de pessoas positivas, mas saiba que você vai esbarrar em amigos que questionarão sua decisão. Alguns são queridos e dizem que você está ótima do jeito que está, outros podem ser invejosos. Isso poderá acontecer antes ou depois da sua cirurgia, a decisão de operar é sua e não deles. Caso você ainda se sentir insegura pense mais, não tenha pressa.

Cicatriz em cirurgia plástica


Não existe cirurgia sem cicatriz, apesar de todo o falso marketing médico que encontramos oferecendo cirurgias sem cicatrizes e promessas de resultados perfeitos. Quando um médico corta a pele haverá cicatriz. Nossos esforços residem em colocar as cicatrizes onde elas serão menos visíveis e ficarão mais camufladas pelo jogo de sombras e luz formado pelos contornos de cada pessoa. Procuramos colocar as cicatrizes tão pequenas quanto o possível. O cirurgião define a localização e a extensão das cicatrizes, porém a coloração, espessura, sensibilidade e retidão cicatricial são fenômenos inerentes a cada organismo. A cicatrização ocorre por fases (inflamatória, proliferativa e remodelação) que duram cerca de um ano. Quando a cicatrização está normal, não há necessidade de desperdiçar recursos com cremes caros ou aparelhos milagrosos.

Covid-19 e cirurgia plástica


Ao longo desses meses aprendemos a conviver com a pandemia desencadeada pelo coronavírus. As evidências científicas atualmente nos permitem realizar cirurgias plásticas com alguns cuidados especiais, quando permitidas pelos modelos de distanciamento vigentes no estado do Rio Grande do Sul. Optamos por operar em hospital que não possua emergência ou unidade de internação Covid-19, embora possa ocorrer contato com pessoas portadoras do SARS-COV2 assintomáticas, evitamos o convívio com pessoas que estão com a doença Covid-19. Durante a permanência hospitalar a presença de acompanhantes no bloco cirúrgico e na sala de recuperação estão proibidas e os horários de visitação cancelados. Embora percamos uma série de benefícios que o acompanhamento hospitalar por parte de um familiar ou amigo proporciona, esse isolamento é necessário para a sua segurança.

Perfeição no corpo humano?


Comparando a icônica foto de Amy Schumer no calendário Pirelli 2016 com a escultura Vênus agachada, exemplo da beleza em 260A.C. observamos uma maravilhosa semelhança de curvas e volumes. Isso nos mostra claramente que existe grande beleza num corpo longe de estar liso e tonificado. A mensagem que gostaria de passar é que você não precisa ser uma modelo internacional ou uma mega influencer para aparecer uma bela deusa com um belo corpo. Seu corpo não é ruim, feio ou errado. Aprenda a se amar e entender que não existe corpo perfeito e que estar fora do “padrão” é a regra, e não a exceção. Abrace sua deusa interior.

Transferência de gordura para aumento de mama!


Enquanto a maioria das pessoas escolhe um implante de silicone para o aumento dos seios, novas técnicas e opções naturais estão disponíveis. O enxerto de gordura – ou transferência de gordura – está crescendo como uma opção natural, e com a utilização de material do próprio corpo, para aumento de seios.

O que está envolvido no aumento Mamário com enxerto de gordura?
A lipoenxertia na mama envolve a coleta e transferência das células de gordura para um local mais desejável, no caso, as mamas. A gordura é colhida por meio de uma técnica de lipoaspiração. A maioria dos pacientes opta por remover a gordura das cintura, abdômen ou culote.

Essa gordura indesejada é então filtrada na sala de cirurgia pelo cirurgião plástico. A gordura processada é então colocada em pequenas seringas e injetada com segurança no tecido mamário para melhorar o tamanho da mama e do colo, e então dar ao pólo superior a plenitude que muitas vezes é perdida após a gravidez e a amamentação.

O aumento natural com enxerto de gordura tem resultados muito diferentes em comparação com o aumento dos seios com implantes. A gordura só é capaz de dar um aumento moderado da mama e uma melhora da forma. Isso ajudará a preencher o tamanho do sutiã, mas não necessariamente a alterar o tamanho do sutiã.
Fonte: ASPS

Planejando uma cirurgia plástica

cirurgia plastica

Planejar uma cirurgia plástica começa em saber qual parte do corpo você quer mudar. A seguir vem a escolha do médico que após lhe examinar irá lhe oferecer um plano de tratamento. Depois procure saber informações importantes para o sucesso da cirurgia:
– Tempo de afastamento das atividades habituais e possíveis complicações.
– Veja o tempo de cirurgia e se é preciso ter internação
– Verifique se é preciso de um tratamento pré-operatório e como será o pós operatório da cirurgia.
– Se programe para tratamento estético complementar como a drenagem linfática.
– Saiba os riscos, cicatrizes e limitações da sua cirurgia.
– Escolha um cirurgião plástico especialista registrado que tenha experiência no que você quer modificar
– Veja se existe tratamento alternativo não cirúrgico para tratar o que você deseja aprimorar
– Veja quais os resultados podem ser alcançados com a cirurgia no seu corpo.
Lembre-se seu corpo nunca ficará igual ao da sua amiga ou de algum ícone de beleza da TV, cinema, revistas ou redes sociais não.

CIRURGIA PLÁSTICA DO NARIZ RINOPLASTIA


Antes da execução de qualquer cirurgia plástica, objetivos devem ser traçados. Para isso existe uma série de medidas e proporções baseadas em marcos faciais, cefalometria craniofacial, ideais renascentistas, e até na proporção áurea. Apesar de várias destas medidas servirem para orientação em relação ao planejamento, elas podem não ser aplicáveis para todos. Isto porque cada pessoa já tem as suas características próprias pré-determinadas, como o tamanho do esqueleto ósseo, a espessura e volume da pele e tecido subcutâneo, além das características étnicas. É desaconselhável criar uma estética nasal definida somente pelos parâmetros considerados ideais, visto que o nariz ideal não é adequado para todos os rostos, sendo assim a cirurgia de nariz deve ser extremamente individualizada para cada paciente.

Portanto, o planejamento cirúrgico da rinoplastia é feito baseado na combinação dos parâmetros ideais, medidas estéticas nasais atuais da pessoa e características individuais de cada individuo, visando obter um nariz harmônico e proporcional. Antes de tudo, ele deve ser natural, balanceado entre suas várias partes, equilibrado e sem os estigmas de cirurgia plástica como eram as cirurgias plásticas do passado. O nariz deve ficar bonito, porém não deve se destacar na face. O que se deseja é tirar o papel de protagonismo na estética facial de um nariz de volume ou proporções inadequadas ajudando a valorizar e destacar várias outras características faciais da pessoa que passará por essa cirurgia.

×

Powered by WhatsApp Chat

× Fale Conosco no WhatsApp