Responsável Técnico

Dr. Denis Valente | Cirurgião plástico

CREMERS 24617 | RQE 18465

CIRURGIA PLÁSTICA DO NARIZ RINOPLASTIA

Antes da execução de qualquer cirurgia plástica, objetivos devem ser traçados. Para isso existe uma série de medidas e proporções baseadas em marcos faciais, cefalometria craniofacial, ideais renascentistas, e até na proporção áurea. Apesar de várias destas medidas servirem para orientação em relação ao planejamento, elas podem não ser aplicáveis para todos. Isto porque cada pessoa já tem as suas características próprias pré-determinadas, como o tamanho do esqueleto ósseo, a espessura e volume da pele e tecido subcutâneo, além das características étnicas. É desaconselhável criar uma estética nasal definida somente pelos parâmetros considerados ideais, visto que o nariz ideal não é adequado para todos os rostos, sendo assim a cirurgia de nariz deve ser extremamente individualizada para cada paciente.

Portanto, o planejamento cirúrgico da rinoplastia é feito baseado na combinação dos parâmetros ideais, medidas estéticas nasais atuais da pessoa e características individuais de cada individuo, visando obter um nariz harmônico e proporcional. Antes de tudo, ele deve ser natural, balanceado entre suas várias partes, equilibrado e sem os estigmas de cirurgia plástica como eram as cirurgias plásticas do passado. O nariz deve ficar bonito, porém não deve se destacar na face. O que se deseja é tirar o papel de protagonismo na estética facial de um nariz de volume ou proporções inadequadas ajudando a valorizar e destacar várias outras características faciais da pessoa que passará por essa cirurgia.

Voltar